imagem alusiva a estatistica Investigadores e técnicos altamente qualificados e experientes do Departamento de Epidemiologia do INSA organizam e ministram diferentes açóes de formação no domínio da Bioestatística

Data: 24 e 25 de outubro de 2022
Local de realização:  nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
Horário:
9h30-17h30 
Duração total:  14 horas
Data limite de inscrição: 19 de outubro de 2022
Código
Coordenação: Ana João Santos
Formadores: Ana João Santos, Irina Kislaya, Verónica Goméz
Nº  máximo de formandos: 10
Preço da inscrição: 80€

Sumário
Tendo em conta a necessidade de atualização e complementação da informação em saúde com inquéritos mais específicos, os questionários são uma das várias ferramentas para a recolha de dados e obtenção de informação. Em diversas disciplinas, os questionários são, frequentemente, um dos instrumentos mais utilizados para a obtenção de dados. A sua utilização deverá, contudo, obedecer a métodos e procedimentos próprios que melhor garantem a validade e fidedignidade da informação e dos dados obtidos. O curso "Desenvolvimento, implementação e análise de questionários" permitirá aos participantes conhecer os diversos tipos de questionários e de questões a colocar consoante os objetivos a alcançar, os diferentes métodos para validar questões e escalas e os procedimentos que permitem transformar os questionários numa base de dados. Pretende-se que os formandos adquiram competências teóricas e práticas de elaboração e implementação de questionários e das respetivas bases de dados. Destina-se a todos os licenciados ou alunos de licenciatura de diferentes áreas que pretendam no decorrer da sua atividade profissional recolher informação através de questionários.

Consulte o programa  |  Inscrição AQUI

Data: 9 a 13 de maio de 2022
Duração: 5 dias (35 horas)
Destinatários: médicos internos de Saúde Pública (ao abrigo do protocolo de colaboração com as ARS de LVT, do Alentejo e do Algarve)
Local: nas instalações do Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa
Códigos
Formadores: Ricardo Mexia, Ausenda Machado, Verónica Gomez, Baltazar Nunes, Irina Kislaya, Ana Paula Rodrigues
Coordenação: Ricardo Mexia 
Nº mínimo e máximo de formandos: 8 e 15

Sumário
As metodologias epidemiológica e bioestatística são essenciais para o planeamento, execução, análise e interpretação de resultados de estudos de investigação na área da saúde. O Instituto Ricardo Jorge concebeu uma ação de formação que visa promover nos participantes competências aos níveis do desenho de estudos de investigação, da utilização de métodos de análise, apresentação e interpretação de resultados. O curso é realizado em ambiente R (The R Project for Statistical Computing) e inclui a avaliação das aprendizagens dos formandos.

Os formadores são todos colaboradores do departamento de epidemiologia do Instituto, com formação específica em epidemiologia e estatística, à qual se adicionam vários anos de experiência no delineamento e análise de estudos epidemiológicos assim como experiência de formação e docência. Os formandos devem trazer computador portátil com os software R e RStudio instalados.

Consulte o programa  (brevemente disponível)