Datas:  17 e 23 de novembro, 7 de dezembro (sessões online) e 1, 2 e 3 de dezembro (sessões presenciais)
Duração total: 33h 
Regime de funcionamento: formação mista (sessões online, síncronas e sessões presenciais)
Formador: Ricardo Mexia
Coordenação: Ricardo Mexia

Sumário
A investigação de surtos é fundamental para a implementação de medidas de controlo e prevenção. As ferramentas que permitem essa investigação de forma rápida e efetiva estão hoje ao dispor de todos os níveis profissionais. Assim,  o formativo dirigida aos profissionais de saúde da Guiné-Bissau integra  um curso de epidemiologia de campo sobre investigação de surtos, com uma forte componente prática  que inclui a simulação da investigação de um surto.

Consulte o programa (brevemente disponível)  |  Inscrição AQUI

Datas: 2 edições
- 1ª edição: 23 e 26 de fevereiro, 5, 9, 11, 14, 26 de março, 6 e 7 de abril
- 2ª edição: (2º semestre de 2021)
Duração: 36 horas
Regime de funcionamento: online, sessões síncronas (12 sessões x 3h)
Horário: 10h-13h 
Formadores: Ricardo Mexia (coord.), Ana Paula Rodrigues, Mariana Neto, Joana Santos

Síntese
A abordagem e os métodos epidemiológicos e bioestatísticos são essenciais para a investigação, vigilância, monitorização e observação em saúde. Especialistas do Departamento de Epidemiologia do Instituto Ricardo Jorge realizam um curso de cinco dias especialmente dedicado a investigadores e profissionais de saúde e áreas afins, com a finalidade de promover competências no desenho, planeamento, execução, análise e interpretação de estudos de investigação epidemiológica em saúde. 

Consulte programa